Wednesday, November 28, 2012

O que estou fazendo aqui. [Mochilão #3]

Columbia Hotel - Quirinópolis - GO
Depois de um café ou uma cerveja, tudo depende do humor e da necessidade, a primeira coisa que faço é procurar por um lugar pra ficar. Sair andando com a mochila pesada nas costas não é legal. Ainda na rodoviária, olho aos arredores, percebo o movimento. O café ou cerveja ajuda nessa primeira etapa. Já puxo prosa com alguém, pergunto. Sempre digo a verdade quando me perguntam o que estou fazendo naquela cidade: Saí do trabalho e estou viajando pelo Brasil. As reações são as mais diversas. Aí conto por onde já passei, pra onde pretendo ir e me abrindo assim, as pessoas também ficam mais receptivas e solícitas. Digo que estou procurando qualquer lugar pra ficar, quanto mais barato melhor. Uns insistem pra que eu fique num quarto com ar-condicionado por conta do calor que faz por essas bandas, mas digo que tolero bastante o calor e até gosto. Uma das recepcionistas quase implorou pra eu ficar num quarto com ar porque eu ia passar mal. Foi engraçado. Mas me largo na cama. Fujo do frio. E tenho dormido muito bem. Os preços tem sidos bem legais. Esse hotel da foto é o Hotel Columbia. Café da manhã e da tarde, sim, da tarde, por apenas R$20 a diária. Não para por aí: Wi-fi, cozinha, sala com televisão e essas coisas. Mas foi exceção. Geralmente tenho ficado em lugares de R$35 a 55. Em Goiânia foi o mais caro: R$55. O hotel era bem simples, perto da rodoviária. Se quisesse ficar com gringos e turistas de outros cantos do Brasil, acharia hotel por no mínimo R$80. Mas fiquei num hotel ao lado da rodoviária, num lugar meio feio, mas perto da região central. O local estava cheio de pessoas de Altamira, no Pará. Pelo que percebi são pessoas que vem visitar parentes que moram em Goiânia e que trabalham no camelódromo gigante que tem ao lado do hotel. Sobre as estradas, a vegetação, o clima e as pessoas eu tenho bastante pra falar, mas ficará pra outras ocasiões. 

2 comments:

Enio Everton said...

É um verdadeiro antropólogo in situ!

Evelin Gonçalves said...

Sandre, reverte 50% do que investi na sua viagem por um presente do camelódromo? hahaha
Piada escrota e idiota.

Continuo acompanhando sua viagem daqui.

Bj