Monday, October 01, 2012

uma câmera na mão e che na sua frente [early snapshot #4]

você começa a fotografar oferecendo seus serviços em festa de batismo, casamento e coisas do tipo. aí você monta um estúdio pra fazer fotos publicitárias   e de moda. assumidamente você declara que se dedicou a esse trabalho apenas para conhecer mulheres bonitas. inclusive sua mulher, a segunda, foi uma modelo.  um belo dia resolve virar fotógrafo oficial de fidel castro, logo após a revolução cubana. aí você fica famoso quase que por acaso. está fotografando um memorial  às vítimas de uma explosão de barco que matou 136 pessoas. numa tribuna, enquanto fidel castro fala, você captura essa bela imagem de che guevara. 45 segundos bastam. você tira duas fotos. uma na horizontal e outra na vertical. você é alberto korda. 

foto tirada em 1960 e usada internacionalmente pela primeira vez em 1967, após a morte de guevara em la higuera, bolívia. alberto korda nunca ganhou nada pela foto.    

1 comment:

Evelin Gonçalves said...

E o mais irônico (ou revoltante, como queira) é ver este rosto estampado multicoloridamente nos maiores itens/marcas capitalistas.
Vide Cavallera.

É a banalização despropositada.