Tuesday, May 17, 2011

museu do ipiranga [bike #14]


click image to enlarge

é isso aí. dessa vez não aconteceu nada. rolê sem incidentes, sem pneu furado. a idéia anterior era participar de um passeio ciclístico organizado pela faculdade zumbi dos palmares. como não aconteceu, de última hora, resolvemos ir até o museu do ipiranga partindo da estação penha. quer dizer, pra alguns o rolê já começa bem antes, partindo do jd. danfer.

pedalar não é difícil. sei que existem vários tipos de pedaladas, mas os rolês com o chave-de-boca tem sido suaves e divertidos. nós vamos trocando idéias, pedalando devagarzinho e assim vamos longe. reunir amigos, novos e antigos, essa é a idéia. no rolê #14 a volta do meu roommate e brother hugo, que deixou a bike no esquema e da minha amigona linda, companheira de cervejas, cigarros e led zeppelin, a ana paula. dessa vez fomos em sete: os dois mencionados, paciullo, marcos, ometto, ivan e eu.

esse é um lugar bem legal de se pedalar de manhã. região do belém, bresser e brás, na zona leste. já fizemos esse caminho em vários passeios. já ficou caminho oficial para se chegar ao centro.

atravessando o parque dom pedro e a praça dom josé gaspar, rumo ao estadão para o café da manhã.

parada no estadão. delícia. dar aquela descansada e se preparar para a continuação até o museu do ipiranga. bora!

muitos grafites legais na região do cambuci.

parque da independência, de frente pro museu. okay, nunca tinha ido lá. quebrei o chiclete, como diria o odirlei. cerca de 28km até aqui. indo suave, isso não é nada pra quem vai de bike. evitamos as subidas, a lógica pra quem está de bicicleta é diferente. contra-mão quando preciso, calçada, enfim. em muitas cidades esse tipo de coisa não seria necessário. mesmo assim adoro pedalar em são paulo. pena que alguns carros dão fina e o ar é horrível. e não falo isso porque todo mundo fala. tem motorista muito folgado mesmo, malvado até. e o ar, meu amigo. só acha normal quem nunca saiu daqui. mas eu confesso que minha relação com a cidade melhorou depois que comecei a pedalar por essas ruas.

aqui estamos no parque municipal benemérito josé brás, no brás, que fica bem embaixo de onde a linha 3 do metrô passa. essa foto é a prova real de que o garotinho de verde é o grande vilão dos rolês. título antes dado a mim. logo após essa foto ele, intencionalmente, abriu mais a torneira pra molhar o banco do ivan. além disso, tentou sabotar a estréia da ana paula no grupo. histórias que você acompanha pedalando com a gente.

2 comments:

cabelo said...

fala sandre!
quando é o próximo?
dá um toque ae!

abração!
;)

Faprasem said...

Que maneiro, e pensar que eu já fui pra lá de bicicleta também. Em grupo deve ser mais legal ainda.